WhatsApp pede para usuários atualizarem o aplicativo

0
68

O WhatsApp está pedindo aos 1,5 bilhão de usuários em todo o mundo que atualizem o aplicativo para sua versão mais recente, e também mantenham seu sistema operacional atualizado, para proteger contra possíveis ataques que podem comprometer as informações armazenadas em dispositivos móveis.

Nesta segunda-feira (13), o aplicativo de mensagem instantânea, de propriedade do Facebook, informou que detectou uma vulnerabilidade em seu sistema que permitia que hackers instalassem de maneira remota um tipo de spyware – um software espião, para ter acesso a dados do aparelho. 

A informação é de que os hackers faziam uma ligação através do WhatsApp para o telefone cujos dados queriam acessar e, mesmo que o destinatário não respondesse à chamada, um programa de spyware era instalado nos dispositivos.Em muitos casos, a chamada desaparecia do histórico do aparelho. Ainda não se sabe quanto tempo duraram as atividades de espionagem.

Segundo o Financial Times, o software espião que foi instalado nos telefones se assemelha à tecnologia desenvolvida pela empresa de cibersegurança israelense NSO Group, o que levou o WhatsApp a colocá-la como a principal suspeita por trás do programa de espionagem.

A última atualização do WhatsApp foi disponibilizada também nesta segunda-feira. Para saber qual a versão está instalada no seu aparelho, é preciso checar na Google Play Store, no caso do Android, ou na Apple Store, no caso do iOS (iPhone). Segundo um comunicado divulgado no Facebook, a brecha de segurança afeta as versões do app anteriores a estas:

  • WhatsApp para Android v2.19.134
  • WhatsApp Business para Android v2.19.44
  • WhatsApp para iOS v2.19.51
  • WhatsApp Business para iOS v2.19.51
  • WhatsApp para Windows Phone v2.18.348
  • WhatsApp para Tizen v2.18.15