Uma vida saudável começa com uma infância ativa – na revista Facebrasil 54

0
73

CRIANÇAS QUE PRATICAM ALGUM TIPO DE EXERCÍCIO FÍSICO TENDEM A SER ADULTOS MAIS FUNCIONAIS. SAIBA QUAIS AS ATIVIDADES MAIS INDICADAS PARA CADA IDADE.

Os dados e pesquisas conduzidos por órgãos e institutos renomados não nos deixam mentir: é crescente o número de crianças e adolescentes que sofrem de obesidade. O sedentarismo é, sem dúvida, o grande vilão dessa história, já que as brincadeiras de hoje parecem girar em torno da tecnologia, deixando os exercícios quase exclusivamente para as aulas de educação física, nas escolas.

Mas sejamos justos: a balança pesa mais para quem tem pais obesos, já que a chance de desenvolver o problema é maior, assim como é maior a propensão ao colesterol alto, diabetes e hipertensão. Algumas crianças ainda enfrentam outro problema – a vergonha de estar acima do peso, preferindo não frequentar academias ou fazer atividades em grupo.

Tudo isso preocupa pais no mundo todo, que sabem que a atividade física é vital para uma boa saúde, mas também desempenha um papel fundamental para melhorar a autoestima, o humor e até a sociabilidade do jovem. Outro ponto positivo é que os exercícios fazem com que as crianças atinjam seu potencial de crescimento e desenvolvimento normal. Está provado também que, para os pequenos hiperativos, as atividades físicas ajudam na concentração, disciplina e até no sono.

Quando a “malhação” começa cedo, o hábito de se exercitar tende a fazer parte da vida adulta do indivíduo, que fica mais suscetível a cuidar da saúde em todas as etapas da vida. Em princípio toda criança pode (e deve!) praticar alguma atividade, desde que receba o aval de um pediatra e seja acompanhada por um profissional de educação física.

Para quem anda em dúvida sobre qual o melhor exercício para cada idade, listamos abaixo algumas sugestões de atividades físicas de acordo com a faixa etária:

Até 5 anos: natação e atividades de recreação

De 5 anos a 8 anos: todas as anteriores + dança, como o ballet

De 8 anos a 10 anos: todas as anteriores + vôlei, futebol, basquete, caminhadas, alongamento ou artes marciais

De 10 a 12 anos: todas as anteriores + corridas leves e circuitos

12 anos em diante: todas as anteriores + musculação leve

Independentemente da predileção dos pais, é importante observar as escolhas naturais das crianças, que precisam se divertir e sentir prazer durante as atividades – mas, antes de fazer qualquer matrícula ou inscrição, lembre-se de solicitar o aval do pediatra da família.