Toffoli derruba decisão que mandou soltar presos condenados em 2ª instância da Justiça

0
125

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, derrubou na tarde desta quarta-feira (19) a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, tomada também hoje de soltar os presos condenados em segunda instância da Justiça. A determinação dele poderia beneficiar 169 mil pessoas presas, entre elas o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Pela decisão de Toffoli, a determinação de Marco Aurélio está suspensa até o dia 10 de abril do ano que vem, quando o Supremo Tribunal Federal julgará o tema em definitivo.