Autor dos ataques de NY tem ligação com o Estado Islâmico e entrou no país por “loteria do Greencard”

0
277

Por Fernando Andrade

O governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, revelou que o terrorista que matou oito pessoas e feriu outras onze, ao dirigir uma caminhonete sobre uma das ciclovias mais movimentadas de Manhattan, tinha ligação com o grupo extremista Estado Islâmico.

Saipov é do Uzbequistão e mudou para os Estados Unidos em 2010, mas, ainda segundo o Governador Andrew Cuomo, Sayfullo Saipov foi “radicalizado domesticamente”, explicando que ele não entrou no país com a intenção de realizar nenhum ataque, mas que passou a seguir as convicções da organização terrorista quando já morava em território americano.

O Comissário-Assistente para Inteligência e Contraterrorismo da Polícia de Nova York, John Miller, confirmou que Saipov agiu em nome do Estado Islâmico e revelou, ainda, que o ataque foi planejado por diversas semanas.

Miller acrescentou que a nota em árabe que foi encontrada no local do ataque apresentava símbolos e palavras, mas que, de maneira geral, continha a mensagem que o Estado Islâmico resistiria para sempre.

Leia também: Motorista mata oito pessoas em ataque em Nova York

Durante a coltiva de imprensa realizada nessa quarta-feira, 1 de novembro, o prefeito de Nova York, bill de Blasio aproveitou para elogiar o policial Ryan Nash, responsável por deter Sayfullo Saipov, após o terrorista bater a caminhonete usada no attaque em um ônibus escolar: Ele (Nash) é um bom jovem. Ele foi muito modesto sobre o que fez, mas seu feito foi extraordinário”.

Ryan Nash, da Polícia de Nova York, impediu que o terrorista atacasse mais pessoas.

Além de armas de “chumbinho” e de “paintball” (bolas de tinta), as autoridades informaram que diversas facas também foram encontradas.

Entre os oito mortos no atentado, estão cinco argentinos e um belga.

Presidente Donald Trump pede o fim da “loteria do Greencard” e sistem de vistos baseado em mérito.

Através do Twitter, o Presidente Donald Trump criticou o atual sistema utilizado para a distribuição de vistos para residência permanente:
– “O terrorista veio para o nosso país através do chamado “Programa de Loteria de Visto de Diversidade” (popularmente conhecido como ‘loteria do Greencard’), uma belezura de Chuck Schumer. Eu quero um baseado em mérito.”
– “Estamos lutando duro para uma Imigração baseada em Mérito, nada mais de Sistemas Democratas de Loteria. Precisamos fica MUITO mais rígidos (e espertos)”.