Senado da Flórida aprova medida para armar professores em escolas

0
106

O Senado da Flórida aprovou, nesta terça-feira 23, um polêmico projeto de lei que permite aos professores portarem armas nas escolas. 

A ideia desta medida, que também deve ser aprovada na Câmara dos Representantes, foi lançada depois do tiroteio que matou 17 pessoas e deixou outras 15 feridas em uma escola de Parkland, no sul da Flórida, em fevereiro de 2018.

De acordo com esta lei, os professores que voluntariamente desejarem ir armados para as escolas terão que completar um curso de cem horas de treinamento sob um programa especial de uso de armas.

Várias organizações civis, sindicatos de professores e pais de alunos se opõem a esta polêmica medida que, essencialmente, transforma as equipes docentes em agentes da ordem.

Uma lei aprovada em 2018 por causa do tiroteio de Parkland aumentou a idade mínima para adquirir uma arma dos 18 aos 21 anos e impõe um período de espera de três dias para a maioria das compras de armas de longo alcance.

O autor confesso do massacre, Nikolas Cruz, de 20 anos e ex-aluno de Marjory Stoneman Douglas, ainda terá que responder a 17 acusações de assassinato em primeiro grau. (Com informacoes EFE)