Flórida tem a primeira mulher autista admitida pelo exame da Ordem dos Advogados no estado

0
231

Haley Moss é a primeira mulher autista admitida pelo exame da Ordem dos Advogados no estado da Flórida – o Florida Bar.

Aos 3 anos ela foi diagnosticada com autismo e os médicos pensaram que ela nunca poderia trabalhar ou viver sozinha. Mas Haley Moss graduou-se pela Faculdade de Direito da Universidade de Miami, publicou vários livros, vive de forma independente. Ela trabalha atualmente em um importante escritório de advocacia em Miami e quer que todos saibam que as pessoas com autismo podem ter sucesso e alcançar seus maiores objetivos.

Ao WINK News, Haley Moss, disse não estabeleceu limites para si mesma e seu maior conselho é “não estabelecer limites”. “Ser diferente não é menos. Não é ruim. É apenas diferente “, disse ela a WINK.

O autismo se caracteriza por diferentes graus de distúrbio de desenvolvimento, que se manifesta sobretudo na comunicação e na interação social. As causas ainda não são plenamente esclarecidas pela ciência e a intensidade dos sintomas varia bastante.

Estima-se que 70 milhões de pessoas no mundo tenham autismo.