Sears entra com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos

0
143

A Sears entrou nesta segunda-feira (15) em Nova York com um pedido de recuperação judicial baseado no artigo 11 da lei americana sobre falências, que permite às empresas continuar operando para tentar uma reorganização sem a pressão dos credores.

Em comunicado divulgado pela Sears Holdings Corporation, a empresa informou que não conseguiu pagar uma fatura de US$ 134 milhões.

Também foi informado oficialmente que a Sears vai fechar até o final do ano,  142 lojas que não são rentáveis.  Além do fechamento de outras 46 em novembro, mas que já havia sido anunciado.

A rede varejista que tem 132 anos de história e já foi a maior dos Estados Unidos ficou enfraquecida com o crescimento do comércio eletrônico.