Santa Dulce dos Pobres, a primeira santa brasileira

0
206

A freira baiana, Irmã Dulce se tornou, neste domingo (13),  a primeira santa nascida no Brasil e agora será chamada Santa Dulce dos Pobres.  

Cerca de 50 mil pessoas, entre elas muitos brasileiros, acompanharam de perto a cerimônia de canonização no Vaticano.

O Papa Francisco iniciou a celebração recebendo as relíquias dos cinco canonizados. De Irmã Dulce, o líder religioso ganhou uma pedra de ametista com um pedaço do osso da costela da santa.

O maestro José Maurício Moreira, que voltou a enxergar após receber um milagre de Irmã Dulce, participou da cerimônia e foi cumprimentado pelo Papa.

Fé, devoção, caridade e acolhimento aos pobres são algumas das características marcantes de Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, a Irmã Dulce. A religiosa baiana nasceu em 26 de maio de 1914, em Salvador. 

Irmã Dulce sempre mostrou que a sua missão na terra era estar perto daqueles que necessitavam de ajuda, principalmente as pessoas enfermas e pobres.

Confira a oração que destaca a importância do amor aos pobres e excluídos, assim como Irmã Dulce fez em vida, mas também após a morte, ao deixar seu legado nas Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), em Salvador. (Com informações e fotos G1)

Oração à Irmã Dulce

Senhor nosso Deus,

lembrados de vossa filha,

a santa Dulce dos Pobres,

cujo coração ardia de amor por vós e pelos irmãos,

particularmente os pobres e excluídos,

nós vos pedimos:

dai-nos idêntico amor pelos necessitados;

renovai nossa fé e nossa esperança

e concedei-nos, a exemplo desta vossa filha,

viver como irmãos,

buscando diariamente a santidade,

para sermos autênticos discípulos missionários

de vosso filho Jesus.

Amém.