ReprogramaçãoMental

0
156

por Adriana Marques

Reprogramação mental

Você já ouviu falar?

Reprogramação mental é a capacidade que temos de gerenciar nossa própria mente, com a troca de informações neurais que impedem o nosso crescimento por informações prósperas e evolutivas.

Esse é um processo que pode ser consciente ou inconsciente. Quando é consciente, significa um “treinamento mental” para gerar condicionamentos mais positivos. Quando é inconsciente, normalmente se apoia em estímulos positivos oferecidos pelo meio, sem necessariamente seu consentimento ou decisão pessoal de mudar.

Uma mente equilibrada e sadia gera emoções mais saudáveis e, consequentemente, atitudes e hábitos que apoiam o crescimento e a evolução pessoal e profissional. Se você souber o que fazer para reprogramar a sua mente, você vai ser capaz de reprogramar a sua vida.

Você acredita que é normal não ter prosperidade? Você acredita que é certo não ter uma vida feliz?

Apesar de ser algo bastante comum, não deveria ser normal, nem certo, carecer de um ou do outro. Porque falta de prosperidade ou falta de felicidade significam algum tipo de desequilíbrio, e deveriam ser encaradas até como uma doença.

Da mesma forma que não é normal viver fisicamente doente, não deveríamos achar que é normal viver com algum tipo de “dor” mental ou emocional.

Muitas pessoas acabam se acostumando com suas insatisfações e acreditam que simplesmente é assim que deve ser. Resignação ou conformismo?

A maior armadilha nisso é a geração de um nível profundo de acomodação e, a partir disso, a percepção de que não é possível mudar ou melhorar.

Quanto mais a pessoa achar que é normal viver na insatisfação, mais vai se sentir refém e sem forças para mudar.

Quando uma pessoa fica doente, basta um pouco de consciência para ela saber que precisa de uma mudança de hábitos, precisa se alimentar melhor, reduzir o estresse e tomar os remédios adequados para recuperar sua saúde.

E o que será que precisa mudar no seu interior para que você elimine os programas mentais de escassez, falta de foco, medo e insegurança, que hoje o impedem de viver seu potencial pleno?

E se você já se sente uma pessoa de sucesso, o que precisa melhorar para ter ainda mais prosperidade?

Como reprogramar a sua mente

Ponto número 1:

APRENDA A GERENCIAR O SEU CRÍTICO INTERNO

Para conseguir isso, a primeira coisa a fazer é perceber que você tem um crítico interno. Aquela voz negativa que o põe pra baixo, que lhe mostra apenas seus erros e nunca seus acertos, que diz que tem gente muito melhor que você, por isso a felicidade nunca vai bater à sua porta…

E, tendo consciência da presença do crítico interno, você vai ter dado o maior e mais importante passo de todos… que é perceber que a sua mente é a sua melhor amiga, mas também a sua pior inimiga.

Ao mesmo tempo em que é a sua mente que influencia e direciona as suas ações para fazer acontecer, é ela que também pode lhe mostrar que o mundo é um lugar arriscado e perigoso.

Então, o segredo é ter consciência desse padrão para gerenciar e enfraquecer o seu poder. Para isso, escolha frases, afirmações e mantras que fortaleçam a sua perspectiva favorável e positiva em relação à vida.

Ponto número 2:

ENTENDA POR QUAIS LENTES VOCÊ ENXERGA O MUNDO

Em vez de reclamar, busque alternativas. Não se contente em apenas protestar ou se indignar, esperando que algo mude sem que precise fazer nada a respeito.

Toda vez que você reclama, sua mente fixa esse como sendo o seu padrão, ou seja, ela adota esses parâmetros específicos como o seu modelo de mundo. Dessa forma, ela passa a ser uma parabólica de acontecimentos negativos, reparando muito mais naquilo que não o satisfaz.

Esse processo é comandado por uma parte do cérebro chamada formação reticular, responsável por construir e fortalecer “atenção seletiva”.

Ou seja, seu cérebro passa a perceber muito mais os estímulos que ele é treinado para captar com mais frequência ou intensidade.

Quanto mais treinado para perceber aspectos positivos, mais positivo esse filtro se torna. Quanto mais treinado para perceber aspectos negativos, mais negativo esse filtro se torna.

Quer reprogramar a sua vida? Reprograme a sua mente para parar de reclamar. A reclamação fortalece e potencializa os padrões de escassez.

A reclamação é como um veneno em relação à felicidade. É um programa que serve como verdadeiro sabotador do sucesso e da prosperidade.

Ponto número 3:

ACEITE O MEDO COMO SEU ALIADO

Isso pode parecer um contrassenso, já que o que todos nós queremos é nos livrar dos nossos medos, não é?

Mas enquanto você enxergar o medo como seu inimigo, você não vai ser capaz de estar no comando, de gerenciar esse medo e usá-lo a seu favor. Não é ignorando o medo que você vai se livrar dele… muito pelo contrário!

Reflita, por um instante, para entender de onde vêm os seus medos…

Perceba que o medo é um grande aliado se existir na dosagem correta, pois é ele que evita que nos arrisquemos desnecessariamente. É ele que nos preserva muitas vezes, portanto, não há razões para negligenciá-lo.

O que você precisa é ser capaz de gerenciar seu medo.

E como você pode fazer isso? Entrando em ação… mas entrando em ação gradualmente, com desafios pequenos, propondo-se a iniciar movimentos simples, mas que podem ganhar força e transformar toda a sua realidade em pouquíssimo tempo.

Quer ser um palestrante e falar para mil pessoas? Comece falando para a sua mãe ou para os seus filhos, na sala da sua casa. Faça isso muitas vezes até que se torne natural. Aí passe para o degrau seguinte: convide mais uma ou duas pessoas de sua confiança e recomece o processo.

É assim com tudo na vida! O problema é que nos sentimos incompetentes, porque definimos objetivos muito ousados sem estarmos preparados para isso. Com objetivos pequenos, fica mais fácil dar um passo e depois outro.

Ponto número 4:

TENHA FOCO

Falta de foco é falta de decisão. E, com falta de decisões, você se torna uma pessoa dispersa, daquelas que vivem ocupadas e chegam ao final do dia exaustas, mas nunca com sensação de dever cumprido.

Quando, por outro lado, você toma uma decisão, consequentemente passa a perceber o que o ajuda e o que o desvia do seu caminho. E dessa forma, fica mais fácil evitar as distrações ao longo das suas rotinas.

Então, para ter foco, é preciso tomar decisões. É preciso que você defina o que deseja e o que não deseja mais na sua vida. É fundamental que você estabeleça objetivos. Não precisa ser nada grandioso, mas um pequeno objetivo já é capaz de mobilizar seus recursos e canalizar sua energia para que ele aconteça.

E isso significa começar a pensar em se colocar como prioridade. Parar de querer dizer “sim” para todo mundo, muitas vezes ignorando ou preterindo suas próprias necessidades.

Quando foi a última vez que você foi capaz de dizer não para alguém por saber que isso era o melhor a ser feito, e por saber que isso seria como livrar-se de um peso desnecessário?

Reprogramar sua mente está relacionado a ter clareza sobre quais os “sims” e quais os “nãos” você deve dizer.

Lembre-se de que falta de foco é falta de decisão, e a falta de decisão o deixa sempre à deriva… no estilo “deixa a vida me levar”.

A partir do momento em que você passa a ter um foco claro, a sua energia aumenta na proporção em que vê as coisas acontecerem.

Ponto número 5:

ESCOLHA O AMBIENTE EM QUE VIVE

O ambiente no qual você está inserido tem papel fundamental na qualidade dos seus resultados como um todo.

Todo e qualquer estímulo à sua volta impacta o seu universo mental. E o que isso quer dizer? Nada passa despercebido pelo seu inconsciente. Muitas vezes, estamos em ambientes tóxicos e pensamos “que besteira, isso não vai me afetar”… e pode ter certeza de que afeta, sim, e muito.

Às vezes assistimos a noticiários sangrentos e achamos que isso não vai ao encontro de nossa qualidade mental e… pode ter certeza de que sim, vai.

Às vezes nos cercamos de pessoas que se fazem de vítimas, que só enxergam o lado negativo das coisas, e pensamos que isso não vai nos influenciar e… tá errado!!! Você sofre muito a influência das pessoas que o cercam.

Desde as músicas que você escuta, aquilo que você lê ou a que assiste, até o tipo de conversa que você tem, tudo tem influência sobre o seu estado mental.

“Mas o que fazer se eu vivo em um ambiente totalmente tóxico?”

Comece elevando a sua média, aproximando-se de pessoas mais positivas, sendo mais seletivo com aquilo que lê, escuta ou assiste.

Cada estímulo que chega ao seu conhecimento conta! Dedique-se, portanto, a atividades que promovam o seu crescimento e evolução mental, emocional e espiritual.

Lembre-se: reprogramar a sua mente de forma consciente é garantir que toda a sua realidade seja, consequentemente, reprogramada.

Boa sorte, e faça acontecer!