Passaporte americano vai identificar quem cometeu crime sexual contra crianças

0
362

Por Fernando Andrade

O governo dos Estados Unidos vai revogar os passaportes de todos os americanos condenados por crimes sexuais contra crianças.

Segundo informação do Departamento de Estado, responsável pela emissão dos documentos, quem tiver o passaporte revogado por esse motivo poderá se candidatar a um novo, que virá identificado com o crime cometido pelo cidadão.

Essa identificação também estará disponível nos passaportes de pessoas que foram condenadas por esse tipo de crime e estejam solicitando o documento de viagem pela primeira vez.

O Departamento de Estado informou, ainda, que a identificação será feita através de um aviso que será impresso na capa traseira do documento, com a inscrição (em inglês) “O portador foi condenado por um crime sexual contra um menor de idade, sendo um ofensor sexual monitorado pela lei dos EUA”.

Esses criminosos também perderão o direito ao “cartão de viagem”, documento de viagem em formato de cartão e que é aceito em alguns países com relacionamento diplomático próximo aos Estados Unidos. O motivo, segundo o governo, é a falta de espaço para imprimir o alerta no verso dos cartões.