Os benefícios do vinho

0
186

Os benefícios do vinho 

Há décadas, lemos e ouvimos sobre os benefícios do vinho para a saúde.  Pesquisas sérias atestam  isso, mas também há os exageros que atribuem ao vinho,  coisas que ele não oferece, como proporcionar o emagrecimento. Além disso, por ser uma bebida alcóolica não pode ser consumida em excesso. Mas bebendo com moderação, além de desfrutar de algo delicioso, você estará contribuindo para uma vida mais saudável, especialmente se for o vinho tinto.

Benefícios para Coração

Desde a Idade Média, monges católicos afirmavam que o vinho era bom para uma série de doenças, mas não se podia comprovar cientificamente. Porém, com o avanço da ciência e da medicina, centenas de pesquisas foram feitas e o resultado é que o vinho realmente é bom para a saúde, incluindo aí, doenças do coração.

Uma ou no máximo duas taças de vinho por dia, podem reduzir o risco de doenças cardíacas em até 20% e isso é atestado não por uma, mas por dezenas de pesquisas sérias, que utilizaram milhares de pessoas, durante vários anos para que pudessem chegar a esse resultado.

A explicação para isso é que os polifenóis presentes no vinho tinto e o álcool presente nessa bebida, reduzem a formação de placas de entupimento das artérias, aumentam o colesterol bom e inibem a coagulação do sangue, a formação de placas de gordura, reduzem a inflamação, ajudam a diminuir a pressão arterial, reduzem a oxidação de lipídios e aumentam a capacidade dos vasos sanguíneos de se dilatar.

Vinho e atividade física

Os mesmos estudos que comprovam o quanto o vinho pode fazer bem ao coração, atestam que se a pessoa que consumir a bebida com moderação e fizer atividades físicas três ou quatro vezes por semana, obterá outros benefícios, tais como: melhora nas taxas de colesterol, glicemia, triglicéridesou níveis de marcadores inflamatórios como da proteína C reativa.

Prevenção ao câncer

Vários estudos comprovaram que o vinho pode reduzir consideravelmente o índice de diversos casos de câncer. No caso de tumores no intestino, essa redução pode chegar a 50%. Essa bebida pode também retardar o crescimento de células do câncer de mama e da próstata, além de evitar o desenvolvimento de tumores da boca.

Na França, pesquisadores descobriram que o antioxidante do vinho chamado resveratrol pode conter o crescimento de células de câncer no fígado.

Enquanto algumas bebidas alcóolicas podem aumentar o risco de câncer de mama, o vinho causa o inverso.

Outras doenças

O vinho também é, comprovadamente, um aliado para se prevenir contra doenças como diabetes, Alzheimer, depressão, úlceras, gastrites, problemas graves de visão e demência. Além disso, essa bebida aumenta e melhora o desejo sexual, pois os compostos do vinho tinto aumentam o fluxo de sangue em áreas específicas do corpo.

Emagrece?

Algumas pessoas afirmam que o vinho é tão bom que até emagrece, mas alto lá, isso não é verdade. A bebida contém calorias e se for consumida em excesso, além de outros problemas, fará você engordar. Mas a boa notícia é que o vinho é bem menos calórico que outras bebidas alcóolicas, portanto, se apreciado com moderação, não há porque se preocupar.