Olimpíada de Tóquio 2021: Simone Biles, a superestrela da ginástica que fez história com desistências nos Jogos

0
84

Ela é a ginasta mais premiada da história dos Estados Unidos e chegou a Tóquio como favorita. Aos 24 anos de idade, Simone Biles é considerada uma atleta tão superior que a principal competição nestes Jogos seria com ela própria.

“Estou tentando ser melhor do que fui na última vez, então estou tentando vencer a mim mesma”, disse Biles antes dos Jogos em entrevista à rede NBC, ao revelar como se mantém motivada, já que não há adversária à sua altura na ginástica artística.

Tóquio é a segunda Olimpíada de sua carreira, e talvez seja a última. Em 2012, aos 15 anos, ela não tinha a idade mínima de 16 anos para participar dos Jogos de Londres. No entanto, na terça-feira (27), ela chocou o mundo do esporte ao abandonar a final da ginástica feminina por equipes sem ter sofrido nenhuma lesão.

“Tenho que me concentrar na minha saúde mental”, disse ela, sendo substituída por outra ginasta e se tornando uma torcedora de suas companheiras, que levaram a medalha de prata.

Ela havia caído em um dos saltos. “Depois da apresentação que fiz, simplesmente não queria continuar”, disse ela. “Acho que a saúde mental é mais importante nos esportes nesse momento. Temos que proteger nossas mentes e nossos corpos e não apenas sair e fazer o que o mundo quer que façamos.”

Nesta quarta-feira (28/07), Biles também desistiu de disputar a final individual geral da ginástica artística nas Olimpíadas de Tóquio 2020, que acontece na quinta-feira. Ela ainda tem outras finais para disputar nos próximos dias: do salto e barras irregulares no domingo (01/08), solo na segunda-feira (02/08) e trave na terça-feira (03/08). Mas não está claro se ela vai seguir competindo em Tóquio 2021.

A equipe de ginástica dos EUA declarou em nota: “Simone continuará a ser avaliada diariamente para determinar se participará ou não nas finais de eventos individuais da próxima semana”. “Apoiamos de todo o coração a decisão de Simone e aplaudimos sua bravura em priorizar seu bem-estar. Sua coragem mostra, mais uma vez, por que ela é um ícone para tantas pessoas.” (Com informações BBC e foto Reuters)