Motociclista morre após ser atingido por um raio em estrada da Flórida

0
115

De acordo com as autoridade, um de 45 anos trafegava de moto pela I-95 no condado de Volusia, no centro-leste da Flórida, na tarde deste domingo (09), quando um raio atingiu seu capacete, provocando a saída dele da estrada e a queda. O motociclista morreu.

Um policial da Polícia Estadual da Carolina do Norte, de folga, testemunhou a queda do raio e o acidente que causou a morte do motociclista, informaram as autoridades à afiliada da WFTV, Orlando ABC.

As chances de uma pessoa ser atingida por um raio durante toda a sua vida são de 1 em 13.000, de acordo com o National Severe Storms Laboratory da National Oceanic and Atmospheric Administration.

Nove em cada dez pessoas nos Estados Unidos que são atingidas sobrevivem, de acordo com um estudo de 2016 apresentado na Conferência Internacional de Detecção de Raios e na International Lightning Meteorology Conference.

No entanto, os raios podem deixar uma pessoa com muitos problemas de saúde a longo prazo, incluindo dores musculares, dores de cabeça, problemas cognitivos e náuseas.

Relâmpagos diretos são raros.