Missionário americano é executado durante assalto em aldeia indígena na fronteira do Paraguai com o Brasil

0
132

Um missionário americano, de 50 anos, foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (10), na aldeia indígena Mboi Jagua de Villa Ygatimí, no departamento de Canindeyú, a 90 quilômetros da fronteira do Paraguai, com Paranhos no Mato Grosso do Sul.

De acordo com a polícia, cinco atiradores que não são indígenas, invadiram a propriedade de Wayne Laroy Goddard que vivia no local, há 25 anos. Ele era naturalizado paraguaio e morava sozinho na propriedade rural dentro da área da aldeia, onde realizava trabalhos missionário e criava animais.

A polícia informou que um dia antes da execução, o missionário teria vendido algumas vacas para uma pessoa que ainda não foi identificada e que entra na linha de investigação de suspeitos. (Com informações do G1)