Ministério da Saúde libera 4ª dose da vacina contra Covid para maiores de 40 anos

0
37

O Ministério da Saúde ampliou, nesta segunda-feira (20), a recomendação para a segunda dose de reforço contra a Covid-19 para pessoas com 40 anos de idade ou mais, que iniciaram o esquema vacinal com a Coronavac, Pfizer ou AstraZeneca.

A orientação do Ministério da Saúde é que a imunização seja feita com as vacinas da Pfizer, AstraZeneca ou Janssen, após o intervalo de quatro meses da aplicação do primeiro reforço. Com a inclusão dessa faixa etária, aproximadamente 9 milhões de pessoas deverão se vacinar novamente.

Quem iniciou o esquema vacinal com a dose única da Janssen também deverá complementar a proteção. A última recomendação era para aplicação de dose de reforço em pessoas a partir dos 18 anos, dois meses após a primeira aplicação. Agora, de acordo com o ministério quem tem 18 anos ou mais deverá receber um segundo reforço quatro meses após o primeiro reforço.

Aqueles com idade superior a 40 anos precisam de um terceiro reforço, que deverá ser aplicado após o intervalo de quatro meses do segundo. Nesses casos, a recomendação é que sejam usadas as vacinas AstraZeneca, Pfizer ou Janssen.

Entenda como fica o esquema vacinal:

  • Público de 40 anos ou mais que recebeu Coronavac, Pfizer ou AstraZeneca pode tomar 2º reforço (doses 1 e 2 do esquema primário + duas de reforço)
  • Pessoas de 40 anos ou mais que receberam a Janssen podem tomar 3º reforço (dose única + 3 adicionais)
  • Indivíduos de 18 anos a 39 anos vacinados com a Janssen deverão receber um 2º reforço (dose única + 2 adicionais)
  • A população entre 18 e 39 anos vacinada com Coronavac, Pfizer ou AstraZeneca ainda não foi citada no plano de ampliação da 2ª dose de reforço do Ministério da Saúde

Uma pesquisa feita pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, encomendada pelo Ministério da Saúde, mostrou que a combinação heteróloga para a dose de reforço, ou seja, de vacinas diferentes, é mais eficaz. Até agora, mais de 6,6 milhões de brasileiros tomaram a segunda dose de reforço.

O esquema vacinal por faixa etária permanecerá em duas doses para crianças de 5 a 11 anos, três doses para pessoas de 12 a 39 anos e quatro doses para quem tem 40 anos ou mais. No caso de adolescentes de 12 a 17 anos, apenas as vacinas Coronavac e Pfizer devem ser aplicadas. (com informações CNN)