Iniciativas de empresas e cidadãos ajudam na preservação ambiental

0
298

Nem só de problemas ambientais vivem os apaixonados pelo meio ambiente. Algumas boas ideias e ações estão se somando a diversas outras e ajudando o nosso frágil meio ambiente a suportar e alongar sua sobrevida. Muitos estão sendo tão bem-sucedidos que, por vezes, merecem mais que aplausos, merecem ser copiados e replicados por todo o Planeta.

As reservas ambientais, unidades de conservação, são muito bem-vindas e, em alguns casos, viram atrativos turísticos. Vide os casos de Yellowstone, nos EUA; Kruger National Park, na África do Sul; e várias outras espalhadas pelo mundo.

Algumas delas são propriedades públicas e operadas pelos governos, mas já começam a se espalhar por todos os continentes propriedades privadas e/ou públicas operadas por empresas privadas, com enorme sucesso.

Muitos ambientalistas são contra, mas são os que sempre são contra tudo. Conheço muitos que preferem ver a terra nua a um “pé de eucalipto” nela. Muitos são contra os “aquários” que “exploram” os golfinhos, baleias e outros animais marinhos.

Uma empresa de ônibus no Brasil canalizou a água gerada pela troca de calor do ar condicionado dos ônibus para a limpeza dos vidros e para descarga dos banheiros dos próprios veículos, fazendo uma economia de 1,5 milhão de litros de água por ano, suficientes para o consumo de 40 pessoas durante um ano.

Em alguns lugares da Califórnia, os “leões-marinhos” já são tão numerosos que ameaçam o equilíbrio da região. Não estou aqui pregando nada, nem extinção, nem caça; estou alertando e trazendo à tona que tudo na vida do planeta precisa de equilíbrio.

Quando, como agora, vivemos um grande desequilíbrio, com nevascas, secas, chuvas em excesso, esses componentes, até o desaquecimento da economia, formam uma grande equação, com várias consequências, que só conheceremos depois.

Voltarmos ao “status quo ante” do Planeta já é impossível, mas como um caderno que ainda tem páginas em branco, podemos escrever a próxima de maneira correta. Como digo: “Os erros do passado sempre estarão do seu lado”, e depois que os danos já estão instalados, só nos resta a remediação.

O Planeta tem pressa. Devemos agir imediatamente. Cada dia de inação é uma lástima para os futuros habitantes, sejam eles os nossos filhos e netos, sejam os filhos e netos dos ursos e baleias e que herdarão o nosso legado. Vamos agir de forma positiva.

Giovanni Alevato é empresário, formado em gestão ambiental pela COPPE-UFRJ. Adora viajar, cozinhar e, acredite se quiser, trabalhar.

Revista Facebrasil – Edição 49 – 2015
A revista mais lida pelos brasileiros na Flórida