Governo americano anuncia nova regra para limitar imigração

0
111

O governo americano informou nesta segunda-feira (12) uma nova regra, que entra em vigor em 15 de outubro, e que pode negar vistos e residências permanentes a centenas de milhares de pessoas por serem muito pobres, segundo a Reuters.  

Pela regra, podem ser rejeitados os requerentes de vistos temporários ou permanentes que não cumprirem os padrões de renda ou por receber assistência pública, como assistência social, cupons de alimentação, moradias públicas ou Medicaid. 

De acordo com a Reuters, um comunicado no Registro Federal diz que a mudança asseguraria que os imigrantes são autossuficientes, na medida em que não dependem de recursos públicos para satisfazer suas necessidades, mas dependem de suas próprias capacidades, ou dos recursos de membros da família, patrocinadores e organizações privadas.

Em entrevista divulgada hoje pela Fox News, o diretor interino dos Serviços de Imigração e Cidadania dos EUA, Ken Cuccinelli, disse que o princípio que impulsiona a regra é um velho valor americano, que é a autossuficiência.

“Terá também o benefício a longo prazo de proteger os contribuintes, garantindo que as pessoas que imigrem para este país não se tornem fardos públicos, que elas possam se manter sozinhas, como fizeram os imigrantes no passado”, disse Cuccinelli.

(Informações e foto G1) (Foto: Jose Luis Gonzalez/Reuters – Bandeiras americanas em um muro privado na fronteira entre Estados Unidos e México em Ciudad Juárez)