Muita gente tem vontade de possuir um belo aquário em sua sala, quarto ou escritório. Além de um ótimo enfeite, admirar os peixinhos, mesmo que por apenas alguns minutos, provoca um relaxamento muito prazeroso. Porém estamos falando de seres vivos e mais do um belo aquário e decoração, é preciso ainda, cuidados para que eles possam viver por muito tempo.
Para quem nunca teve um aquário, é importante conhecer tudo que é necessário para cuidar dos peixes e esses cuidados começam antes mesmo de optar pelo tamanho, enfeites, tipo de peixe, etc. Conheça o que você deve fazer para se tornar um aquarista.
Filtro para o aquário
Trata-se da peça mais importante de um aquário, pois a função do filtro é bombear a água, oxigená-la e eliminar todas as impurezas. Um bom filtro é fundamental para manter a saúde dos peixes.
Escolha do aquário
Existem diversos tamanhos de aquário, desde os bem pequenos, médios, grandes e até personalizados que são feitos por empresas especializadas do ramo. Para escolher o tamanho ideal, é preciso ter em mente o que você realmente quer e o espaço disponível. Uma boa dica, é começar com um médio e caso, pegue gosto, futuramente, investir em um bem maior.
Decoração do aquário
Sem dúvida, esse é um momento muito divertido e importante. O primeiro detalhe a ser avaliado é o tamanho do aquário, quanto maior, mais possibilidades para escolher pedras, areia, esconderijos e plantas artificiais. Muita atenção com a qualidade dos objetos, eles não podem ser pontiagudos, evite também os de ferro e plástico.
Os peixes
Novamente, o tamanho do aquário interferirá no número de peixes, pois muitos em pouco espaço, acabará deixando-os estressados e suscetíveis a se atacarem. Converse com um aquarista profissional para que ele explique quantos você deve ter no tipo de aquário que escolheu. Caso queira ter duas ou mais espécies no mesmo aquário, se informe se elas podem conviver juntas, pois algumas convivem sem problemas e outras não.
Limpeza
No caso de aquários pequenos e médios, recomenda-se a limpeza uma vez por semana. Pode ser retirada toda água ou apenas metade, mas caso note que a mesma está muito turva, é melhor trocar toda e ficar atento se o filtro está funcionando corretamente.
Já no caso dos aquários grandes, o ideal é retirar apenas uma parte da água por semana, pois se retirar toda, tirará muitas bactérias benéficas no tanque que são úteis na manutenção de um equilíbrio do pH na água.
Não utilize sabão, sabonete ou qualquer produto químico para limpar o aquário e demais objetos, use apenas água morna e uma escova reservada apenas para essa tarefa.
Água
É possível usar a água da torneira, mas é preciso deixá-la descansando por dois dias em um recipiente, para que o cloro evapore e os metais pesados decantem no fundo do recipiente. Existem alguns produtos que retiram o cloro da água e os metais pesados, e com isso, permitem que se possam usar a água da torneira sem ter que esperar por dois ou mais dias.