Família de turistas brasileiros morre por inalação de gás no Chile

0
229
Fabiano de Souza, e Débora Muniz Nascimento de Souza; os filhos Karoliny Nascimento de Souza, e Felipe Nascimento de Souza

O Itamaraty confirmou nesta quinta-feira (23) que seis turistas brasileiros morreram ontem em Santiago, no Chile, por inalação de gás. Os turistas estavam de férias em um apartamento alugado no centro da cidade. As vítimas são quatro adultos e dois menores, todos da mesma família.

A identidade dos seis brasileiros foi informada nesta quinta-feira. Morreram o casal Fabiano de Souza, 41 anos, e Débora Muniz Nascimento de Souza, 38 anos; os filhos Karoliny Nascimento de Souza, 14 anos e Felipe Nascimento de Souza, 13 anos; o irmão de Débora, Jonathas Nascimento, 30 anos, e a esposa Adriane Kruger.

Jonathas Nascimento e a esposa Adriane Kruger.

Pouco antes da morte dos brasileiros no Chile, a mãe de Débora e Jonathas morreu de câncer em Florianópolis, capital catarinense. Parentes que estavam no Brasil chegaram a comunicá-los por telefone sobre a morte dela. De acordo com o G1, os turistas brasileiros chegaram a relatar, durante a ligação, que estavam todos passando mal. Logo depois, os parentes no Brasil não conseguiram mais falar com eles.

Segundo o Itamaraty, o Consulado do Brasil soube com antecedência que os brasileiros estavam passando mal e alertou as autoridades locais. Porém, eles já estavam mortos, quando os bombeiros e paramédicos chilenos chegaram ao apartamento. (Com informações G1 e agência Brasil)