A Facebrasil chega à maturidade com novidades e parcerias

0
303

Por Marco Alevato – Editor-Chefe da Facebrasil

A Facebrasil está em uma nova era, em que estaremos mais próximos de todos os nossos amigos, leitores e patrocinadores. Agora estamos também na Revista de Domingo da CBTV – assumimos o que era inevitável. Vamos caminhar mais próximos desse veículo, assim como já fazemos com o Jornal Gazeta. Nos aproximamos para unificar a qualidade e aumentar o sucesso de nossos patrocinadores.

Quando eu era criança, havia a estória de que a “união faz a força”, e hoje, em idade madura, tenho certeza de que somente unidos podemos vencer e criar um padrão de qualidade de conteúdo que seja inovador, consistente, e oferecer maior retorno pelo investimento em marketing de nossos patrocinadores.

Mas, principalmente, o que cria o diferencial é o padrão ético de nossa publicação – valor mais importante para a nossa empresa.

Em nossa edição deste mês, temos a linda Nívea Stelmann, com sua beleza e luz. Nívea é muito querida e famosa entre todas as gerações de brasileiros – vale a pena conferir a bela entrevista.

A Facebrasil participa ativamente de todos os movimentos de construção da nossa comunidade, e não poderíamos deixar de participar do Focus Orlando. Foi muito bom rever os amigos, imigrantes que desbravaram a Flórida e conseguiram criar seus espaços. Os homenageados demonstram a história de valor do imigrante, a superação dos primeiros anos de adaptação e luta e a conquista do caminho de sucesso e realizações. Parabéns a todos os homenageados pelo Focus Brasil!

Nosso site na web está cada vez mais ativo e cheio de artigos superinteressantes, fazendo o dia a dia na América mais leve. Não deixe de visitá-lo e explorar nosso conteúdo.

O que entendi depois desses 23 anos de imigração é que deveríamos usar a música do querido Zé Ramalho, que retrata nossa realidade de nos motivar a voltar a tentar superar os obstáculos a cada dia. A letra da música traz mais ou menos a seguinte mensagem: “Se fosse fácil todo mundo era, se fosse muito todo mundo tinha, se fosse raso ninguém se afogava, se fosse perto todo mundo vinha, se fosse graça todo mundo ria, se fosse frio ninguém se queimava, se fosse claro todo mundo via, se fosse limpo ninguém se sujava, se fosse farto todos satisfeitos, se fosse largo tudo acomodava, se fosse hoje todo mundo ontem, se fosse tudo nada aqui restava”.

A verdade é que se fosse assim tudo seria, mas, depois de tudo que vi, a solução é continuar o processo de ser tudo de novo. O importante é ser feliz e persistir a cada manhã, até que finalmente tudo dê certo! Seja feliz!
Boa leitura!

Revista Facebrasil – Edição 76 – 2017