Ex-advogado de Trump diz que pagou para manipular pesquisas eleitorais

0
91

Michael Cohen, ex-advogado pessoal do presidente Donald Trump, disse nesta quinta-feira (17) que pagou uma empresa para manipular dados de pesquisas on-line, para beneficiar o cliente dele antes da campanha presidencial de 2016.

A informação foi publicada no “Wall Street Journal”. E na manhã de hoje Michael Cohen tuitou: “Eu me arrependo de verdade pela lealdade cega a um homem que não merece.”

O advogado foi condenado a 3 anos de prisão, mas a sua detenção foi adiada enquanto ele colabora com a Justiça em investigações que estão em andamento, como é o caso da suspeita de conluio entre a campanha de Trump e a Rússia.