Estados Unidos enfrentam pior surto de sarampo dos últimos 25 anos

0
208

As autoridades federais de saúde informaram que mais 60 casos de sarampo foram confirmados na última semana em 23 estados americanos.

Já são 764 casos confirmados da doença, o pior surto de sarampo nos Estados Unidos em 25 anos.Um surto que autoridades de saúde pública classificaram como “completamente evitável” e ligado em grande parte a campanhas de desinformação contra as vacinas.

Uma parcela minoritária, mas enfática, de pais que se recusam a vacinar os filhos estimulou o surto, que afeta principalmente crianças que não receberam vacinas contra sarampo, caxumba e rubéola. Estes pais acreditam que ingredientes da vacina podem causar autismo, algo que provas científicas contradizem.

Mas uma pesquisa Reuters/Ipsos revelou que a grande maioria dos adultos do país acata o consenso científico de que a doença altamente contagiosa é perigosa, enquanto as vacinas são seguras.

Oitenta e cinco por cento dos adultos entrevistados disseram que deveria ser obrigatório vacinar todas as crianças, a menos que exista uma razão médica contrária. E setenta e sete por cento opinaram que as crianças deveriam ser vacinadas mesmo se seus pais discordarem da vacinação.

O Centro de Controle Prevenção Doenças dos EUA (CDC) afirma que embora o vírus tenha sido eliminado do país em 2000, o que significa que não está mais presente continuamente o ano todo, surtos ainda ocorrem devido a viajantes vindos de países onde o sarampo ainda é comum. (Com informações Reuters)