Em mais um dia de buscas, o número de mortos sobe para 110 em Brumadinho

0
113

A Defesa Civil de Minas Gerais informou, nesta quinta-feira (31), que o número de mortos subiu para 110, depois  da tragédia provocada pelo rompimento da barragem em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Dos 110 mortos confirmados, 71 foram identificados;  238 pessoas estão desaparecidas;  394 pessoas foram localizadas;  108 estão desalojados ou desabrigados.

Hoje é o sétimo dia de buscas, e segundo o porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, tenente Pedro Aihara, a maioria dos corpos já localizados estava em regiões superficiais.

Desde sábado (26), não são achados sobreviventes. Para os bombeiros, é muito pequena a possibilidade de achar alguém vivo em meio ao mar de lama.

A barragem de rejeitos da Vale, se rompeu na sexta-feira (25). O mar de lama varreu parte da comunidade local, do centro administrativo e do refeitório da empresa.

A Vale começou nesta quinta-feira (31) o cadastro de pessoas que têm parentes mortos ou desaparecidos. A empresa informou que vai repassar para às famílias, uma doação no valor de  à R$ 100 mil por pessoa desaparecida ou morta.