Disney vai demitir 32 mil funcionários em 2021, com avanço da Covid-19

0
102

A Walt Disney Company anunciou que irá demitir cerca de 32 mil funcionários, durante o primeiro semestre do ano fiscal de 2021, à medida que a pandemia continua afetando seus negócios de parques e resorts.

Durante boa parte de 2020, os parques temáticos da Disney tiveram que permanecer fechados, sendo que o complexo na Califórnia ainda não reabriu. Além disso, as operações dos navios de cruzeiro da Disney estão suspensas desde o fim do segundo trimestre e as lojas de varejo também tiveram que interromper o seu funcionamento durante meses.

A Walt Disney Company supõe, portanto, que ainda deverá pedir financiamentos extras, suspender o pagamento de dividendos, reduzir investimentos em filmes e programas de TV ou até diminuir ainda mais o seu quadro de funcionários no futuro.

Até 30 de setembro, a empresa contabilizou perdas de US$ 2,8 bilhão, marcando uma forte reversão em relação ao ano anterior, quando registrou um lucro de 10,4 bilhões.

Os parques temáticos do Walt Disney World em Orlando foram fechados de março a junho, quando começaram a reabrir gradualmente. Desde então, seus quatro principais parques foram reabertos, mas apenas com capacidade limitada para permitir a aplicação de medidas de distanciamento social.

As atrações fechadas também forçaram mais de 70.000 funcionários da Disney a ficarem licença, com apenas alguns retornando ao trabalho por conta das reaberturas graduais dos parques. (Com informações e fotos CNN e Click Orlando)