De olho em um mercado em expansão, Gilberto Rezende aposta em mistura tecnologia e publicidade

0
179

De tanto pensar fora da caixa e dos padrões, a própria CICLE acabou ela mesma ficando sem um único rótulo, mas, com o jeitinho brasileiro que lhe é tão peculiar, abriu alas para uma nova definição: é um híbrido de empresa de tecnologia, agência de publicidade e “un poquito más”.

Esse transtorno de personalidade antes de doença é a própria cura, porque dá à companhia a chance de se moldar ao cliente e seus objetivos – para uns desenvolve aplicativos mobile, para outros constrói lojas virtuais, há ainda os que pedem grandes sistemas, como o MLS, e outros que requerem campanhas em redes sociais; vale tudo.

E já que a CICLE parece não se esquivar de um bom desafio, convidamos a empresa para um bate-papo exclusivo, cujo resultado você confere a seguir.

Facebrasil – Como nasceu a ideia de criar uma empresa de inovação e design em Orlando?
Gilberto Rezende – A ideia partiu de um encontro entre dois amigos: o Gilberto Rezende reside nos EUA há mais de 15 anos, é especializado em relações comerciais e vencedor do Prêmio Internacional Garra de Ouro; e o Filipe Mendes, graduado em design gráfico e pós-graduado em jogos digitais pela PUC, que conta com mais de nove anos de experiência em diversos projetos para grandes empresas, como Vale, Petrobras, Banco BDMG, Andrade Gutierrez, Itaú BBA, Fiat e Microsoft. Ambos reconheceram o bom momento para empreender nessa área, e assim nasceu a CICLE, sigla para Criar, Inovar, Competir, Liderar e Engajar – os valores e missão da empresa.

Facebrasil – Qual a proposta da empresa para o mercado da Flórida?
G.R. – Percebemos que na Flórida, como um todo, os mercados de design e tecnologia não se condensam. Vimos que nossos concorrentes produziam bons sistemas, mas não conseguiam entregar algo funcional e com uma estética apropriada para o conceito do produto. A CICLE surgiu para preencher essa lacuna e, no começo, oferecia apenas tecnologia com um design realmente de alto nível. Hoje nossa proposta envolve desde produção de sites e aplicativos mobile até a gravação de vídeos para publicidade na TV e internet.

Facebrasil – Quem está por trás de toda essa proposta inovadora?
G.R. – Na maioria dos casos, brasileiros – escalados de acordo com suas aptidões. A equipe de criação é composta por diretores de arte, redatores, designers gráficos e webdesigners. A equipe de tecnologia é formada por arquitetos de software, analistas de sistemas, desenvolvedores, produtores de vídeo, diretores e roteiristas, entre outros. A ideia é levar os conceitos criativos dos brasileiros às empresas americanas. Acreditamos que um design inteligente e funcional é uma chave essencial para que uma empresa se destaque dos seus concorrentes.

Facebrasil – Por que escolheram Orlando como base da empresa?
G.R. – Orlando é uma das cidades com a maior concentração de brasileiros da Flórida – estima-se que, em todo o estado, haja mais 300 mil brasileiros, segundo dados da embaixada. Em sua maioria, são investidores e empresários que vieram para se estabelecer no país. Nosso desejo é fazer parte dessa história, dando apoio na realização dos seus projetos com conceitos inovadores e soluções criativas.

Facebrasil – O que a CICLE tem feito nos últimos meses?
G.R. – Temos trabalhado no desenvolvimento do ManagerPop, uma nova ferramenta que visa auxiliar administradores de imóveis de veraneio, dando-lhes a possibilidade de gerir seus negócios de forma remota. Outro tipo de projeto que tem sido bastante requisitado por brasileiros são as lojas virtuais. Nossa equipe de especialistas em customização de e-commerce têm trabalhado duro para entregar online stores que gerem resultados, fazendo de uma simples compra na internet uma experiência inesquecível ao usuário. E com um planejamento contínuo, buscando os melhores números de conversão para as lojas virtuais, estamos fazendo ações publicitárias com produção de vídeos para internet e campanhas nas redes sociais. No último ano, desenvolvemos vários projetos para grandes empresas em Miami, Massachusetts e Orlando. Estamos muito felizes com todo o progresso da empresa e em breve anunciaremos uma nova sede em Orlando.

Facebrasil – Como vocês veem o futuro da empresa?
G.R. – Temos a certeza de que, com ideias inovadoras e muito trabalho, qualquer projeto pode ser desenvolvido. Por mais louco que pareça (ou que soe), sempre há um jeito de dar forma a um conceito. Acreditar e nos envolver nos projetos de nossos clientes tem nos capacitado cada vez mais a pensar alternativas criativas para empreender. A tecnologia já não é mais um bloqueio, o mercado não é mais uma barreira, os suportes já não são mais um entrave. Criamos soluções para o hoje.

Revista Facebrasil – Edição 52 – 2015
A revista mais lida pelos brasileiros na Flórida