Confira cinco dicas de roupas que nunca saem de moda

0
337

Na contramão das tendências de moda, cada vez mais rápidas e passageiras, as peças clássicas são apostas certeiras em tempos de fast fashion. Há quem diga que existe uma lista fixa e pronta que serve para todas as mulheres mundo afora. Discordo. Essa lista dos must-have clássicos deve passar pelo estilo pessoal, sendo adaptada conforme o estilo de vida e a personalidade de cada um.

Mas de que forma fazer essas adaptações e apostar em peças que valerão a pena por mais tempo do que apenas uma estação? A primeira dica é buscar peças duráveis, com bom custo X benefício. Vale muito mais gastar um extra em um scarpin preto, que não sai de moda desde os anos 40, do que numa espadrille, por exemplo. Os traços de estilo aparecem, nesse caso, nos detalhes da peça. Uma mulher mais moderna, por exemplo, poderá optar por um scarpin preto de verniz, enquanto uma tradicional poderá escolher um modelo sem brilho, com bico mais quadrado.

Tenha o estilo que for, segue abaixo uma listinha com cinco peças que nunca saem de moda:

  • Trench coat – seja ele o clássico bege ou em qualquer outro tom, esse casaco é hit absoluto desde sua criação, há mais de cem anos, pela marca inglesa Burberry. O tecido, o tom e o comprimento ficam a critério de cada uma.
  • Bolsa estruturada média em couro – não, essa bolsa não precisa ser preta nem marrom. Ela precisa combinar com a maioria das suas roupas para o dia a dia. Particularmente, acho que a vinho é uma das mais coringas.
  • Camisa branca – não precisa ser de algodão nem modelo masculino. Pode ser de seda, pode ter linha inteira de botão ou não. Os detalhes ficam a seu critério, o importante é ter uma clássica branca neutra como chave para diversos looks.
  • Calça jeans lavagem azul-escuro – novamente, nesse caso também pouco importa se a calça é flare, bootcut ou skinny. Uma calça jeans escura estilo premium combina com praticamente qualquer outra peça para diversas ocasiões. O que sempre sugiro é tomar cuidado com a altura da cintura. Cintura baixa, por exemplo, costuma não funcionar para a esmagadora maioria das mulheres. A mais democrática é a cintura média, dois dedos abaixo do umbigo.
  • Scarpin – além de ser um sapato clássico, o scarpin combina com diversos tipos de looks e estilos diferentes. É feito em diversos materiais, como camurça, couro ou verniz; tem variações de bico e salto, o que facilita com relação ao conforto, e é um verdadeiro “coringa” do guarda-roupa feminino.

Aproveite essas dicas e monte o guarda-roupa que é a sua cara!

Flávia Piña é stylist, consultora de moda, palestrante e professora de criação de imagem. Acredita em moda e estilo acessíveis, feitos para vestir pessoas reais. flaviapina.com.br

Revista Facebrasil – Edição 49 – 2015
A revista mais lida pelos brasileiros na Flórida