Compulsão alimentar: saiba o que é essa doença

0
110

A compulsão alimentar é uma doença mental que leva a pessoa a comer grandes quantidades de diferentes alimentos em um curto espaço de tempo, mesmo sem estar com fome. O portador dessa doença, simplesmente perde o controle e se empanturra de comida, sentindo, momentaneamente um grande prazer e se esquecendo de seus problemas.

Sintomas
A compulsão alimentar pode surgir em qualquer etapa da vida e afeta homens e mulheres na mesma proporção. Os principais sintomas são:
– Comer mais rápido que o normal, muitas vezes engolindo sem mastigar direito.
– Comer sem estar com fome, exemplo, a pessoa passa perto da geladeira e do armário e, imediatamente, abre-os para procurar comida, sendo que instantes antes não estava sentindo fome.
– Continuar comendo mesmo quando já está saciado, mas ainda há comida à vista.
– Comer escondido ou tarde da noite, para que os familiares não vejam.

Causas
A principal causa que leva à compulsão alimentar, é o fator emocional, a pessoa com problemas psicológicos (perdas, estresse, angústia, doença na família ou qualquer outro tipo de problema que a esteja a incomodando muito), pode passar a comer compulsivamente e isso a levará a um clico vicioso, todo momento que estiver triste, irá se alimentar de maneira exagerada.
Outro fator que pode desencadear a doença, é quando a pessoa passa por uma dieta muito rigorosa ou maluca por algum tempo, e em um momento de extrema agonia por estar passando fome, se desespera e passa a comer alucinadamente, não conseguindo mais controlar seu apetite e fazendo refeições pesadas, mesmo sem estar sentindo mais vontade de comer, ou seja, a dieta acaba disparando um gatilho que levará a pessoa a comer cada vez mais.
Buscando tratamento
Se você desconfia que possa ter compulsão alimentar ou então, alguém de sua família, o único caminho é buscar ajuda de um psiquiatra. Por se tratar de uma doença mental, o diagnóstico é muito complexo, por isso será muito importante descrever, detalhadamente , todos os sintomas, quando eles apareceram, que tipos de remédio toma (caso tome), rotina diária, problemas que vem passando, etc.

Tratamento
Ao ter o diagnóstico de que o paciente realmente sofre de compulsão alimentar, o médico ensinará como comer de forma confortável em diversas situações, mesmo em épocas de festas; como dizer não a comida sempre que for necessário; como lidar melhor com os sentimentos e melhorar autoestima, criando hobbies e cultivando as relações pessoais.
Geralmente, esses exercícios solucionam o problema, mas, se necessário, o médico pode receitar remédios para controlar a ansiedade ou inibidores de apetite. Caso o paciente tenha além da compulsão alimentar, outra doença, como depressão, por exemplo, será preciso entrar com medicamentos específicos para essa doença.
Importante: jamais trate com naturalidade ou humor o fato de você ou de alguém próximo estar comendo muito além do necessário, pois a compulsão alimentar pode levar a outras graves doenças e até mesmo à morte.

Compartilhar
Artigo prévioPensando MELHOR
Próximo artigoA beleza do gato Siamês