Como os brasileiros que vivem no exterior podem regularizar a situação eleitoral

0
114

Regularização durante o período de fechamento do cadastro eleitoral

Durante o período de fechamento do cadastro eleitoral, até novembro de 2020, o eleitor que não estiver em dia com suas obrigações eleitorais possui as seguintes alternativas para regularização:
– Pagamento da multa
Em alguns casos, o pagamento da multa pode ser suficiente para a regularização, que ocorrerá em até 48 horas após o pagamento. O eleitor deverá gerar uma Guia de Recolhimento da União (GRU) pelo site do TSE (http://www.tse.jus.br/eleitor/eleitor-no-exterior/votacao-no-exterior). O pagamento da guia poderá ser feito apenas no Brasil. 

– Certidão Circunstanciada
Se o título estiver cancelado, o pagamento da multa não será suficiente. O interessado deverá enviar um e-mail para eleitor.exterior@tre-df.gov.br, com a imagem do boleto, comprovante de pagamento e dados pessoais de identificação (nome completo, data de nascimento, número do título eleitoral, CPF). 
 
O Cartório Eleitoral no Exterior (CEE) poderá, após análise da documentação, gerar “certidão circunstanciada”, que equivale ao comprovante de quitação eleitoral.
Em caso de dúvidas, entre em contato com o CEE pelo e-mail: eleitor.exterior@tre-df.gov.br (Divulgação Consulado-Geral do Brasil em Miami)