Brasileira é presa acusada de abandonar bebê em lata de lixo na Flórida

0
167

A brasileira Rafaelle Alessandra Carvalho Sousa, de 35 anos, é acusada de ter abandonado um bebê que foi encontrado vivo em uma lixeira num complexo de apartamentos em Boca Raton, na última quarta-feira (08).

Em audiência nesta sexta-feira (10), o juiz determinou que a brasileira permaneça detida sem direito a fiança. Ela é acusada de tentativa de homicídio qualificado e abuso infantil agravado.

Segundo o Palm Beach County Sheriff’s Office, Rafaelle admitiu ter colocado a filha recém-nascida em um saco e jogado na lata de lixo. Algumas pessoas que passavam perto do local onde estava a lixeira ouviram o choro do bebê e ligaram para a polícia. A menina foi levada para o hospital, passa bem, e está sob os cuidados do Florida Department of Children and Families.

Segundo testemunhas, a brasileira trabalhava como manicure, era casada e mãe de uma criança de 3 anos.

Na Flórida vigora lei Safe Haven. Ela permite que os pais abandonem os recém-nascidos em boas condições de saúde, de até uma semana, em um posto dos bombeiros ou hospital, sem o risco de serem processados por abandono.

Desde quando a lei foi aprovada em 2000, foram entregues 302 recém-nascidos.

Segundo as autoridades, a filha da brasileira foi o primeiro bebê da Flórida em 2019 a ser abandonado em outro local que não um posto de bombeiros ou hospital. (Com informações do Sun Sentinel e Local 10 News)