Aumenta número de brasileiros presos no exterior

0
83

Pelas informações do Ministério das Relações Exteriores o número de brasileiros presos fora do país cresceu entre 2016 e 2017, pelo segundo ano consecutivo.

Em 2016, 2.999 brasileiros foram detidas em outros 60 países. Em 2017, a quantidade de pessoas presas saltou para 3.025.

De acordo com reportagem do site de notícias G1, esse número é o segundo maior desde 2013, quando havia 3.208 pessoas fora do Brasil.

A maioria dos brasileiros detidos em 2017, estava na Europa (1.144), e na sequência América do Sul (896), América do Norte (530), Ásia (299), África (71), Oceania (57), Oriente Médio (21); e América Central e Caribe (7)

Entre os motivos que levaram às prisões estão: tráfico de drogas, homicídio, estupro, fraude e estelionato, violência doméstica e agressão física. Há, ainda, acusações de tráfico de pessoas, abuso infantil, sequestro, assalto, irregularidade imigratória, fraudes contra o sistema financeiro e infrações de trânsito.

Os brasileiros detidos no exterior, tem o direito de informar o consulado ou embaixada sobre a situação e de receber visitas de representantes, pelo que determina a Convenção de Viena.

Também tem direito de entrar em contato com os parentes, mas o tratamento é determinado pelas leis de cada país.

Com informações do G1