Administração Trump planeja proibir cigarros eletrônicos com sabor

0
165

À medida que as doenças relacionadas ao vaping se espalham, o presidente Trump e as principais autoridades de saúde se reuniram na Casa Branca para discutir maneiras de manter os produtos longe dos adolescentes.

Nesta quarta-feira (11), a administração Trump anunciou que pretende proibir a venda da maioria dos cigarros eletrônicos que contêm sabor, por conta do aumento do consumo entre adolescentes. A medida não afetaria produtos que não têm adição de sabor.

As autoridades de saúde anunciaram pelo menos 450 casos em 33 estados americanos de pessoas que adoeceram nos últimos meses por uma doença pulmonar grave e misteriosa  ligada ao uso de cigarros eletrônicos. Seis pacientes morreram.

Os principais sintomas são falta de ar, tosse, náusea, vômito, diarreia e sangue nas vias respiratórias.

O centro de controle de doenças dos Estados unidos decidiu desaconselhar o uso de cigarros eletrônicos até que as causas dessa doença misteriosa sejam esclarecidas. Segundo o CDC, eles contêm substâncias altamente viciantes e que podem prejudicar o desenvolvimento do cérebro dos adolescentes. 

Na semana passada, Michigan se tornou o primeiro estado a proibir a venda de cigarros eletrônicos com sabor. O governador Andrew M. Cuomo, de Nova York, também pediu a proibição, e Massachusetts e Califórnia estão considerando medidas semelhantes. (Com informações The New York Times)