A beleza do gato Siamês

0
89

Até mesmo que não é muito chegado em gato, tem que admitir que os da raça Siamês são de uma beleza ímpar. Seus olhos azuis, o pelo curto e grosso, geralmente bege no corpo e preto ou acinzentado na cabeça, rabo e patas, fascinam e por isso, faz dessa, uma das raças mais populares do mundo.

Origem

O gato Siamês é originário de Siam (atual Tailândia) e era o animal de estimação da realeza local. A data exata de quando ele apareceu, é conflitante, há manuscritos que mostram ilustrações que afirmam que essa raça surgiu em 1370. Na Grã-Bretanha, eles chegaram em 1884 e desde o começo, chamaram muita atenção dos mais nobres. Seis anos depois, o gato Siamês chegou aos EUA e sua popularidade foi como rastilho de pólvora.

Características

É um gato de porte médio;
Gosta muito de brincar, por isso, é indicado lhe dar alguns brinquedinhos como bolinhas e arranhadores;
Gosta de vocalizar (miar) quanto está feliz, com fome, aborrecido ou preocupado, é como se ele quisesse conversar;
Necessita de atenção e carinho, por isso, não é indicado para pessoas que passam quase todo o dia fora e terão que deixa-lo sozinho em casa;
É muito inteligente e aprende com rapidez truques e onde estão as coisas, como água, caixinha de areia, etc.;
É dócil, se dá bem com crianças e outros animais de estimação;
Alguns gatos dessa raça são mais agitados, outros, mais quietões, mas há os que podem ter os dois tipos de comportamento o que, no início, pode deixar o dono confuso.

Castração

Se o dono não quiser ninhadas, recomenda-se a castração, pois, as fêmeas se tornam adultas bem antes do que as de outras raças e ficam bem agitadas, já os machos tendem a querer explorar a rua, o que lhes colocará em risco.

Cuidados

É importante escovar os pelos do Siamês, pois facilita a limpeza e troca dos mesmos, evitandos que eles engulam as famosas bolas de pelo.
Mantenha a caixa de areia limpa, pois isso evitará que ele passe a buscar novos lugares para fazer as suas necessidades.
Se tiver condições, adquira dois Siameses, pois, por ser uma raça que necessita de atenção, um poderá fazer companhia ao outro quando você e sua família não estiverem por perto.
De maneira nenhuma deixe que ele vá para a rua, pois além do risco de acidentes fatais, podem ser furtados por alguém de má índole.

Alimentação.

Uma curiosidade sobre o gato Siamês é que ele prefere beber água corrente. Se possível, tenha uma fonte específica (que são encontradas em alguns pet shops) ou ensine-o a beber com a torneira aberta.
O melhor alimento para o Siamês é mesmo uma ração de qualidade Premium e Super Premium que são as nutricionalmente balanceadas.  Quanto à quantidade, na própria embalagem já há informações para o tanto adequado, levando em consideração peso e idade do animal.

Saúde

O gato Siamês não costuma dar muito trabalho quando o assunto é saúde, mas as doenças mais comuns que o acometem são as respiratórias – como asma e doença brônquica e cardíacas, como estenose aórtica, mas geralmente aparecem nos que estão com idade avançada.