0
224

UM LUGAR DE NOVOS COMEÇOS

O pastor André Valadão, conhecido internacionalmente pela sua música e pelo trabalho que sempre desenvolveu na igreja Lagoinha no Brasil, não imaginava que em apenas um ano o número de fiéis na igreja de Orlando, na Flórida, aumentasse em mais de 40 vezes. “Eu acho que ninguém quer ir à igreja para sair de lá sem uma resposta. E a gente existe para ser resposta. Você só não pode pecar. Não é pecado? Então faça, realize! É por isto que a igreja cresce, porque a gente dá lugar para as pessoas fazerem aquilo que Deus deu para elas”, explica o pastor.

Na Lagoinha Orlando, há também uma frequência muito expressiva de pessoas de outras religiões. “A minha música é evangélica, eu sou pastor evangélico, e 40% da minha música são consumidos por não evangélicos. A igreja poder ser assim”, esclarece André Valadão.

“Jesus não disse para o evangélico que ele ia para o céu. Ele disse: prega o Evangelho. Aquele que crê vai ser salvo. Essa é a nossa função, a de levar a mensagem Dele”

André Valadão

Explosão da Fé

Falar sobre o Evangelho para o pastor André Valadão é algo muito simples e natural. Ele é da quarta geração de uma família de evangélicos. Pastor há 18 anos, desde 22 de maio de 2000, tem formação em três seminários teológicos dos Estados Unidos. Em 2004 gravou o primeiro disco. O sucesso foi imediato. Os 12 álbuns gravados por ele ganharam discos de ouro e platina. Nestes 14 anos como cantor e compositor, também gravou sete DVDs, e 90% das músicas são autorais. Com uma carreira em crescente ascensão, está sempre entre os dez mais tocados nas rádios brasileiras.

Com agenda lotada de shows, participações em programas de rádio e televisão, André Valadão conta que sentiu a necessidade de dar uma diminuída no ritmo para passar mais tempo com a família. Foi aí que surgiu Orlando – a cidade que ele e a esposa, Cassiane, visitam desde que se casaram, em 2001. Em junho de 2017, a família Valadão se mudou para a cidade americana, com o propósito de ficar, no máximo, por um ano e meio. Ele argumenta: “Como somos evangélicos, começamos a ir a igrejas. Fomos a igrejas americanas, brasileiras. Tudo muito bom, mas nenhuma delas no nosso perfil, da maneira que a gente é”.

André Valadão lembra, com bastante clareza, do dia em que se encontrou com um grupo de pastores e eles comentaram que, dos quase 100 mil brasileiros que estavam na região de Orlando, menos de 3 mil frequentavam as igrejas. “Saber disso ardeu no coração. Eu falei: Puxa vida! Tem muito pouco sendo feito para pregar o Evangelho na comunidade”, explica Valadão.

“O que está acontecendo em Orlando, absolutamente nada foi planejado. Eu vim aqui para morar, para viver, e não para implantar uma igreja. Mas todas as vezes que eu ia orar, Deus mostrava pra gente sobre a cidade, e assim nascia o desejo no meu coração e no da minha esposa. Então, fomos para o Brasil, conversamos com a nossa liderança, aí voltamos e fizemos a nossa primeira reunião lá, na minha casa”

André Valadão

Em setembro de 2017, aconteceu a primeira reunião, com 55 pessoas, na casa de André Valadão. Depois os encontros passaram a acontecer, todas as terças-feiras, em uma igreja emprestada, e o número de fiéis aumentou para 150 pessoas. Até que, para atender aos pedidos dos frequentadores, aconteceu o primeiro culto de domingo, com quase 200 pessoas, no auditório do restaurante Gilson’s, no dia 4 de novembro de 2017 – data em que foi firmada a inauguração da igreja Lagoinha Orlando. E assim foi chegando mais e mais gente. Os cultos foram transferidos para o I-Drive Nascar e realizados em dois horários, por causa da superlotação de mais de 300 pessoas em cada um deles. Agora os cultos são realizados em um amplo ambiente, dentro de um mall na Kirkman Road, uma das mais conhecidas avenidas da cidade.

Atualmente, mais de 2.000 pessoas frequentam os cultos na igreja Lagoinha de Orlando.

Uma igreja brasileira em Orlando

“A Lagoinha Orlando é uma igreja brasileira. Quando a pessoa vem aqui, ela se sente em casa. O que é atual no Brasil está aqui. A grande diferença também é que a nossa igreja não começou agora. As pessoas estão aqui porque elas já experimentaram a minha música, ouviram uma mensagem minha e de alguma forma conhecem a história da Lagoinha, que é aberta para a pessoa realizar o que está no coração dela”

André Valadão

70% das pessoas que frequentam a igreja Lagoinha em Orlando estão na cidade há quatro ou cinco anos.

O pastor Valadão é muito claro ao dizer que a igreja Lagoinha Orlando é uma extensão da casa dos fiéis: “Não tem cadeira no púlpito, os pastores sentam junto das pessoas, e todo mundo é igual. Jesus era tão igual à multidão que os soldados não sabiam quem ele era, e Judas teve que beijá-lo para que ele pudesse ser identificado. A igreja é isso, ela tem que ser misturada”.

E nessa mistura, André Valadão não deixa de atender a todos os seus seguidores em todas as partes do mundo. São mais de 8 milhões de pessoas.

Facebook – 5 milhões              Twitter – 1,3 milhão             Instagram – 1,8 milhão

A Lagoinha Orlando alcança mais de 500 mil pessoas por semana nas redes sociais e está sendo uma referência para o Brasil

Serviço

Cultos

Quarta-feira = 20h – Vision Night

Sexta-feira = 20h – Jovens Adultos

Sábado = 19h – Adolescentes

Domingo = 9h30, 11h30 e 19h

  • Toda segunda-feira tem a reunião do Crie (Cristãos Empreendedores), na qual os empresários se encontram para um networking.
  • Nas terças e quintas-feiras, tem o seminário bíblico Carisma, atualmente com 109 alunos.

Endereço: 6701 S Kirkman Rd, Orlando, FL – 32819