0
27

Um bom lugar

Existe um lugar em que, como num grupo de WhatsApp, somente pessoas boas se encontram. Nesse lugar tem apenas mocinhos e mocinhas, todos são o que querem ser e têm as habilidades que querem ter. Nesse lugar todo mundo tem o passado que criar, e os erros, se existiram, são perdoados. Nesse lugar é possível caminhar em campos floridos. Nesse lugar só se pode chegar e sair de avião, e não existe o risco de mais pessoas entrarem, porque são barradas no portão de entrada.

Para se manter nesse lugar, tem que abrir mão das coisas que fizeram você pegar o avião e vir para cá. Ninguém pode criar problemas com outros, o mágico tem que fazer mágica; o artista, as esculturas; e o cientista, ciência. Não pode ficar mudando conforme o vento. Não pode roubar os sócios, não pode mentir, não pode fazer maldades nem covardias, porque aí todas as mazelas ficam visíveis e esse lugar bom deixa de existir e é ocupado por outra pessoa. Bem, essa é a narrativa de uma série “The good place”. Não é exatamente assim, mas eu não quero antecipar nada.

Nós da Facebrasil estamos sempre tentando encontrar parceiros que queiram fazer parte de nosso universo. Continuamos tentando e testando. Mais uma vez, algumas mudanças se fizeram necessárias para nos manter no caminho de harmonia e vitórias. Para nós, o sucesso é ter a certeza de que nossos atos são bem-vistos por quem nos acompanha e também por quem nos acessa pela primeira vez. Quando começamos esse projeto, tínhamos um monte de dúvidas, mas a certeza de que deveríamos ser éticos e coerentes e de que isso nos levaria para um novo patamar.

Nosso sucesso está sendo construído há nove anos. Posso dizer que a Facebrasil já caminhou bastante, conquistou muitos prêmios, mas o principal são o respeito e o carinho. Vamos vencer sempre e conquistar cada vez mais amigos, mantendo a coerência e o pilares editoriais que fizeram da Facebrasil a revista mais lida e mais querida pela sociedade imigrante na Flórida e, por que não, espalhada pelo mundo.

Nosso sucesso inspira toda a comunidade, e isso nos traz muito orgulho.

Boa leitura!

A festa continua.