0
193

Rambo II

O filme conta a história de um soldado que volta sozinho ao Vietnã, consegue enfrentar e derrotar os mais perigosos inimigos. De acordo com os críticos de cinema houve um pouco de exagero na história, levando em conta que anos antes, na vida real, os Estados Unidos, mesmo mandando milhares de jovens ao Vietnã perderam a guerra. Mas os fãs não quiseram nem saber disso e deram uma bilheteria histórica ao filme.

50 Tons de Cinza

Apesar do livro ter sido muito bem avaliado, “50 Tons de Cinza” recebeu um tsunami de comentários negativos. Tanto quem leu a publicação, quanto os críticos especializados reclamaram da performance dos atores Jamie Dornan e Dakota Johnson que atuaram como Christian Grey e Anastasia Steele. Alguns entendedores de cinema disseram que eles tiveram atuações fracas e pouco sensuais, pelo o que a história pregava. Apesar de avaliações negativas, a trilogia teve ótimos públicos.

Débi & Lóide 2

Em 1994, sem muitas pretensões, a comédia “Débi & Lóide” foi lançada e se tornou um estrondoso sucesso, projetando de vez a carreira de Jim Carrey. As piadas, bem ao estilo besteirol, foram muito bem sacadas e a história muito bem amarrada, gerando gargalhadas durante todo filme. Muita gente pedia uma continuação, porém ela demorou e quando chegou, duas décadas depois, causou decepção, de acordo com os críticos. O filme teve uma ótima bilheteria, mas um número bem menor de gargalhadas do público.

Batman & Robin

O filme de 1997, “Batman & Robin”,  com George Clooney e Chris O’Donnell  não foi visto com bons olhos por muita gente. Talvez pela expectativa frustrada de uma grande produção para um longa de super-heróis. Saíram os visuais sombrios e entraram trajes carnavalescos, saiu a fotografia escura e entrou luz de néon – fato considerado considerado desastroso pelos críticos de cinema. Alguns deles chegaram a dizer que foi uma aula de como não fazer um filme.