Brasileiro condenado por estupro é preso após 11 anos vivendo nos EUA

0
175

O brasileiro Flávio Andrade Prado Júnior, de 40 anos, foi preso no estado americano de Massachusetts. Ele é condenado por um estupro em 2004, em Poço Fundo, Minas Gerais. Flavio estava foragido desde 2008, nos Estados Unidos.

Pelas informações do G1, na época do crime, Flávio teria prendido a vítima, então com 21 anos, em seu carro e a estuprado. O exame médico legal realizado logo depois constatou as lesões no corpo da moça, indicando a prática sexual. Mas, antes que fosse preso, Flávio fugiu.

Flávio, que já tinha uma condenação por furto, foi condenado pelo crime em 2006 e chegou a cumprir parte da pena. Mas em dezembro de 2007, quando já estava no regime semiaberto, ele saiu da cadeia e não apareceu mais. Em maio de 2008, foi considerado foragido da Justiça.

Nos Estados Unidos, Flávio casou com uma americana, teve filhos e se tornou empresário no ramo de reforma de casas. Ele vivia tranquilamente na cidade de Brockton, em Massachusetts. Mesmo sendo procurado até pela Interpol, ele não se preocupava com o anonimato e publicava vídeos e fotos da família e do trabalho.

As redes sociais de Flávio passaram a ser monitoradas pela Subsecretaria de Inteligência do Governo do Rio de Janeiro, pelo Consulado Americano e pelo Serviço de Imigração dos Estados Unidos. 

Flávio foi preso depois de 11 anos vivendo nos Estados Unidos. Agora, o brasileiro deve ser ouvido em breve por um juiz federal, podendo ser extraditado.

Segundo o G1, a defesa diz que Flávio nega o estupro, mas admite que agora ele deve ter que cumprir o resto da pena no Brasil.

Com informações G1